Escolhendo a fonte de alimentação (PSU) ideal

4 02 2009

A fonte do computador é o seu componente mais importante, é ele que alimenta TODO e qualquer hardware (com exceção dos protótipos lendários de Voodoo 5 6000, que tinham sua própria fonte @_@). Uma alimentação inadequada pode danificar ou mesmo inutilizar diversos componentes. Quando você for escolher uma fonte, tenha em mente esses itens:

01. Sempre que puder, evite as fontes genéricas

Marcas do tipo HuntKey, Leadership, Clone, Omega, Coletek, C3Tech, DrHank, Satellite e coisas assim que fazem promessas absurdas (tipo 600W por menos de 300 reais) são um problema e devem ser evitadas. Em aproximadamente 99,99% dos casos, elas não conseguem garantir os 100W. Geralmente esses supostos 600W é a energia que elas gastam para funcionar e não necessáriamente quanto conseguem entregar ao sistema dentro dos limites aceitáveis.

São conhecidas como “fontes de potência nominal” ou “fontes nominais”. Posso dizer que todas “fontes nominais” são genéricas, pois nenhuma empresa séria as fabrica atualmente.

Por exemplo, uma fonte genérica de 600W com 40% de eficiência deveria entregar uns 430W antes de começar a dar problema (isso não é uma regra e varia de fonte para fonte). O problema é que fontes baratas (aquelas de 600W por 130 reais) raramente consegue entregar mais de 250W sem desestabilizar. Continue lendo »