O melhor navegador que ninguém usa.

30 03 2010

Muitos já devem ter ouvido sobre o Opera, um velho de guerra que não fez muita propaganda para obter seus fãs e usuários. No máximo uma ou outra propaganda pequena. E isso talvés tenha sido o maior problema.

O Opera é um navegador “pouco conhecido”, porém bastante completo, contando com diversos recursos interessantes. Alguns que os concorrentes só conseguem com add-ons. Então aqui vai alguns desses recursos:

01. Suporte a Temas e Personalização: (Até Jan/2010, o Firefox precisava do add-on Personas para temas!)
A personalização de atalhos, gestos de mouse, toolbars e aparência foi um dos principais motivos que me transformou em fã do Opera. Ah, também tinha o suporte a temas. Era muito bacana (fora eu, alguém AINDA usa essa giria?) poder configurar tudo. Alias, era não. Ainda é!

Neste ponto, o Opera tem uma flexibilidade absurda: você pode mexer em quase tudo. Você pode modificar cores, temas, atalhos, onde as barras estarão, ou melhor, se elas estarão, os ícones que estarão nelas. Sem precisar mexer em uma unica linha de código.

Não sabe como criar um skin para o Opera? Tem duas maneiras, a primeira é olhar os tutoriais disponíveis e a segunda é esperar um editor de skins chamado Opera Artist ficar pronto. Este está sendo desenvolvido por um fã do Opera, mas ainda não está disponível, mas, segundo o autor, logo estará.

02. Atalhos de teclado totalmente configuráveis:
Não existe nada melhor (em um software, né!) que você não precisar ir ao menu procurar a maldita opção cada vez que você precisa fazer uma coisa! Não que os menus do Opera sejam confusos e não são, mas é questão de praticidade. Na minha opinião, é muito mais prático poder chamar as funções que uso com certa freqüência direto no teclado, isso reduz significantemente o gasto de tempo com a execução de certas tarefas e consequentemente aumenta o tempo para o que realmente importa enquanto você está na internet: NAVEGAR.
No Opera você pode usar qualquer combinação de teclas para qualquer coisa. :p

03. Navegação com Abas: (Firefox já tem)
Podemos considerar que o Opera foi o primeiro navegador para Windows a possuir esse recurso, se você desconsiderar certos “shells” que mascaravam o Internet Explorer, tipo o NetCaptor. Para quem não é da época do Internet Explorer 4, pode soar estranho, era um sufoco ter apenas uma página por janela! Você começava a navegar com uma ou duas janelas e meia hora depois já não achava o WinAmp que estava no lado do Internet Explorer original. Além disso existiam (ou ainda existem) certos scripts malditos que abriam diversas vezes a mesma janela de forma infinita. ERA UM CAOS.

Para quem prefere navegação sem abas, existe a opção de desabilitar isso.

04. Bloqueador de Conteúdos: (Firefox precisa do AdBlock Plus)
O bloqueador de conteúdos do Opera nada mais é que um bloqueador de propagandas bem simples, porém muito funcional. Apenas clique com o botão direito e escolha “Bloquear conteúdo”, na próxima tela clique no conteúdo a ser bloqueado. Se você quiser bloquear uma coisa em especifico, segure o SHIFT enquanto clica. Depois de escolher tudo, é só apertar “Concluído” e pronto, aquela coisa nunca mais te incomodará.

05. Wand: (Firefox já tem)
Wand nada mais é que um excelente Gerenciador de Senhas interno. Esse recurso é muito útil para quem não tem costume de decorar as senhas e/ou tem preguiça de digitar-las toda santa vez.
Para uma proteção extra, você pode e deve configurar uma senha mestre que deverá ser digitada a cada vez que o Opera iniciar.

06. Opera Turbo:
O Opera tem proxy embutido que “acelera” a sua conexão (igualzinho os aceleradores de discadas de certos provedores) quando você está em uma conexão ruim. Também pode ser usado assistir vídeos de certo site que bloqueia o Brasil. 😛
O único contra é que ele geralmente detona a qualidade das imagens e vídeos, pois o servidor do Opera (re)comprime tudo de forma a diminuir o tamanho dos arquivos e assim poupar tempo.

07. Gerenciador de Downloads: (Firefox já tem)
O que seria da nossa vida sem um BOM gerenciador de downloads? Considero o gerenciador de downloads do Opera suficiente para a maioria dos downloads. Porém ele não fragmenta os arquivos para baixar mais rápido.

08. Speed Dial: (Firefox precisa do… Speed Dial)
São atalhos, com miniaturas, que substituem a página em branco que apareceria assim que você abrisse uma nova Janela ou Aba. O padrão são 9 atalhos (3 colunas, 3 linhas), o que considero uma boa quantidade e o máximo configurável pelas opções do Speed Dial chega a 25 (5 colunas, 5 linhas). Se por ventura você achar que 25 atalhos são poucos, ainda é possível aumentar para um número virtualmente infinito de atalhos editando um .ini do Opera. (Depois eu explico passo a passo como fazer.)

O Opera foi pioneiro nesse recurso, os outros navegadores absorveram a idéia por osmose. |D

09. Mouse Gestures: (Firefox precisa de um add-on chamado…. Mouse Gestures!)
Esse recurso é bem ANTIGO, vem de quase 9 anos atrás. Ele serve para você associar movimentos do mouse a certos comandos. Por exemplo, no MEU Opera está configurado que se eu segurar o botão esquerdo do mouse, puxar para direita e soltar ele volta para a página anterior. Mais rápido que tirar a mão do mouse para apertar ALT+[SETA PARA ESQUERA].
Tudinho personalizável, você pode configurar diversas coisas nesses atalhos.

10. Opera Unite: (Exclusivo!)
Este é um recurso bem diferente e até o presente momento não existe outro navegador com algo parecido.
A principio achei que era apenas mais um recurso idiota, mas ele tem se mostrado bastante útil para mim.
O que isso faz de tão especial? Ele é uma espécie de “servidor” que lhe permite instalar diversos aplicativos desenvolvidos para ele.  Esses aplicativos rodarão dentro do teu Opera, sem deixar-lo mais lerdo e você poderá disponibilizar los com outras pessoas pelo endereço do seu Opera Unite.

Existem coisas divertidas, úteis e inúteis para se fazer com o Opera Unite.
Entre as possibilidades temos alguns jogos como o Tank War e o Chess Pratice; coisas para “social” tipo uma geladeira para colocar recados, quadro branco e mensageiros; também alguns uteis serviços web tipo compartilhador de arquivos, streaming de áudio via internet(!!), compartilhador de fotos; Coisas que podem estar bloqueadas tipo proxy e cliente twitter; entre outros aplicativos. (Se você souber programar, poderá fazer o próprio aplicativo!)

Ah sim! A maioria desses aplicativos podem ser individualmente protegidos por senha, caso você não queira estranhos bisbilhotando tuas coisas. Mais uma ultima coisa sobre o Opera Unite, os aplicativos devem funcionar direito com navegadores que não sejam o Opera, não testei todos, mas alguns funcionam.

11. Navegação privativa: (Firefox já tem, acho)
Carinhosamente conhecida como PR0N MODE, serve para navegar sem que nenhum dado definitivo seja salvo no seu HD, ou seja, navega sem alterar Cookies, Históricos ou Páginas visitadas. Mas vale lembrar que mesmo estando neste modo, os servidores que acessar ainda saberão que você os acessou. Também não serve para não ser visto no Orkut enquanto fuça perfis alheios. Esse recurso apareceu primeiro no Internet Explorer 7 ou 8 e só então veio a aparecer no Opera versão 10.50.

12. Bloqueador de Popups:
Popups são aquelas janelinhas chatas que pulam “do nada” na tela, esse recurso já é bem comum e está disponível em diversos navegadores, mesmo assim vale a pena falar dele.
Por padrão o Opera bloqueia apenas as popups não desejadas, porém você pode mudar para não bloquear nenhuma ou bloquear todas.

13. Opera Link: (Firefox precisa de add-on)
Uma pequena opção que lhe permite salvar certas informações (Notas, marcadores, barra pessoal e speed dial) no serviço online de mesmo nome. Depois, caso seja da tua vontade, você também poderá restaurar os dados salvos lá em outro Opera.

14. Várias visualizações para os sites:
Você pode usar um CSS customizado ou simplesmente usar as diversas opções disponíveis no Opera visualizar o site de uma maneira diferente. Você por exemplo pode visualizar a página SEM imagens que não sejam link, ou Preto e branco em alto contraste, desabilitar formulários e etc…

15. UserJS:
UserJS são pequenos Java Scripts que realizam algumas funções não disponíveis por padrão ou que estejam “incompletas” no Opera.
Para quem não gostou do bloqueador de conteúdos original, existe um AdBlock para o Opera feito em UserJS. ;P

16. Lixeira:
Conhece a Lixeira do Windows? Então, a idéia é parecida. Mas ela guarda as ultimas popups bloqueadas, abas fechadas e janelas fechadas, incluindo as abas que estavam nelas. É útil para quando você fecha uma página sem querer ou precisa reachar alguma mais antiga.
Para desfazer uma página fechada, é só usar o atalho padrão para desfazer (undo): CTRL+Z, para procurar alguma página fechada você deve ir no ícone da lixeira e escolher a página que quer recuperar.
Outra coisa é para caso você queira apagar as ultimas abas abertas sem apagar o histórico e/ou fechar o navegador, é só apertar a lixeira e escolher “Excluir lista de guias fechadas”. É útil para quando você esqueceu de usar a navegação privativa. Mas vale lembrar que, como eu disse, isso não apaga o histórico. ;P

17. Zoom na página:
Se estiver pequeno demais para ler ou você quiser ver um detalhe num tamanho maior, você pode fazer aumentar ou diminuir o tamanho da página ao seu gosto. Para aumentar, aperte, no teclado numérico, o +; Para diminuir o –; e para voltar a 100%, aperte 6.

18. Controle por Voz:
Este recurso é bastante útil e interessante, serve para você falar, em inglês, ao Opera o que fazer.
Testei muito pouco esse comando, mas os testes que fiz foram bem satisfatórios. Quando ele, por algum motivo, não entende o que você quis dizer, ele diz “Sorry, I do not understand”. (Desculpe, não entendi)
Um problema que eu tive com este é não conseguir instalar ele no Windows Vista x64, porém no Windows XP x86 funciona muito bem.

19. Cliente BitTorrent: (Firefox precisa do FoxTorrent)
Isso não precisa de explicações! Você pode baixar seus torrents normalmente usando o Opera sem a necessidade de um cliente externo. Se você não conhece o BitTorrent, em que MUNDO você vive?

20. Cliente IRC: (Firefox precisa do Chatzilla)
Ah, bons tempos passados no IRC. Amigos que conheci, amizades que ainda duram até hoje e outras que nem sem onde foram parar… ‘‘inimigos’’ que nunca mais vi… Naquela época trolls e malas eram fáceis de desaparecerem dos chats, só você banir, chutar e pronto. Se voltasse era fazer isso até ele se cansar. 😀

Esse foi um sistema de bate-papo MUITO usado no Brasil durante a época do ICQ, depois o pessoal migrou em massa para o MSN Messenger, agora esse programa é chamado de Windows Live Messenger. Atualmente o IRC anda com a popularidade bastante baixa por terras tupiniquins, porém no exterior continua firme e forte: Inclusive alguns softwares possuem canais de suporte em redes de IRC. Não sei se ainda funciona, mas parece que ainda existe um servidor brasileiro que não fechou, o VirtuaLife.

21. Cliente E-Mail: (Sei que tem, mas não lembro de add-on para o Firefox que faça isso)
Sim, as pessoas ainda usam e-mail! Os mensageiros instantâneos não acabaram com eles. :p
Você deve saber o que é e-mail, pois ainda existem e são muito usado. 🙂
O Opera trabalha com os protocolos de recebimento IMAP e POP3, além do protocolo SMTP de envio.
A grande vantagem deste é ser junto com o Navegador. Vamos supor que eu precise checar vários e-mails, com um cliente externo eu precisaria ir ao menu iniciar, procurar o programa e abrir para só depois ver os e-mails. Mas com o Opera, só preciso apertar CTRL+K e CTRL+M (atalho customizado que abre a seção de e-mails) para verificar. Muito mais prático.

Nem consigo me imaginar logando e deslogando de diversos gmails e yahoos da vida para checar um a um sem um cliente e o tempo que eu gastaria para fazer tudo isso.

22. Proteção anti-fraude:
Este é um recurso para os mais desconfiados, é um filtro que indica se um site é o original ou um Scam Phishing, site falso geralmente idêntico ao original porém que visa roubar dados e/ou infectar sua maquina. Atualmente essa opção vem habilitada por padrão, mas você pode desabilitar-la depois.

23. Barra de segurança:
Ao acessar um site “seguro”, aparece uma pequena barra amarela com um cadeado. Se você clicar nela, aparecerão algumas informações sobre os certificados de segurança da atual página, essa ferramenta funciona junto ao PhishTank.

24. Leitor de Feeds:
O Opera lê feeds sem precisar de add-on! Você pode assinar diversos feeds e ler direto no seu Opera. Pode parecer meio confuso no começo, mas depois de um tempo você se acostuma e passa a não largar mais.

25. Notas:
Quantas vezes você precisou anotar alguma coisa rápida e teve de abrir o notepad? Pois com o Opera você não precisa! Simplesmente aperte CTRL+ALT+E e escreva. :p

Ah, existem muito mais recursos interessantes, mas o resto é com vocês! ;P
Ps.: dei uma revisada no texto, porém é complicado revisar o próprio texto.

Anúncios

Ações

Information

2 responses

12 07 2010
Eduardo Miguel

publiquei uma matéria com um teste comparativo entre os 5 melhores e o Chrome ganhou disparado. Já uso chrome há mais de um ano e concordo com os resultados.

Pra quem tiver interesse de ler os resultados dos testes, ai vai o link

http://liveunderconstruction.wordpress.com/2010/07/12/teste-comparativo-entre-os-principais-navegadores/

8 08 2010
Keaton

Woooowwww… Teu navegador é mais rápido. Mas (sem addons) não tem recurso algum. 🙂

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: